11_Feed_berinjela__Instagram_do_SIBI.png

 

O dia 26 de setembro tem como objetivo propor a reflexão e o debate sobre os direitos e a luta pela inclusão das pessoas surdas na sociedade.

 

A fim de contribuir nos debates sobre o tema neste dia, fizemos o levantamento de aplicativos que facilitam a comunicação de pessoas surdas:

 

Guia Prático de Libras

É um aplicativo que funciona para serem feitas consultas de palavras e sinais, além de também ter o alfabeto em Libras.Com o aplicativo, é possível fazer consultas de palavras em ordem alfabética, por assunto, de acordo com a mão e há atualização constante de novos sinais.

 

Hand Talk

Ferramenta para dispositivos móveis que faz uso de um personagem para converter textos, imagens e áudio para Libras. É possível, inclusive, tirar a foto de uma placa e pedir para traduzi-la. O projeto, desenvolvido em Alagoas, ganhou o World Summit Award Mobile, uma competição bianual promovida pela ONU que reconhece aplicativos de relevância para a humanidade.

 

Librasflix 

É um aplicativo que oferece filmes, séries e documentários com conteúdos inclusivos na língua de sinais. Além disso, o Librasflix oferece um glossário com os termos em Libras e os sinais conforme a variação regional, feitos por intérpretes reais.

 

Live Transcriber

É um aplicativo que transforma as falas capturadas pelo microfone do smartphone em legendas em tempo real na tela do aparelho. O app está disponível em mais de 70 idiomas e dialetos.

 

ProDeaf Móvel

O ProDeaf é uma plataforma móvel que traduz o português textual e oral para a Língua Brasileira de Sinais. Com o aplicativo no celular ou tablet, é possível falar ou escrever um texto e vê-lo traduzido para Libras por meio de um avatar 3D com mãos e expressões faciais bem destacadas para facilitar a compreensão dos sinais.

 

StorySign 

Ferramenta usa realidade aumentada e inteligência artificial para ajudar na educação infantil. Ele funciona de uma maneira interessante, basta apontar a câmera do celular para um texto em um livro físico para acionar os movimentos e gestos em Libras da personagem 3D. O StorySign foi desenvolvido pela Huawei em 2018 e, após atualizações, traz dois livros infantis em português traduzidos para Libras.

 

Uni LIBRAS

Dicionário com índice em Libras que permite ao usuário encontrar sinais por meio de vídeos, fotos e palavras. O aplicativo também oferece opções de busca (em Libras ou português) na internet, vídeos com intérprete e download de conteúdos. Seu grande diferencial, segundo o desenvolvedor André Mietti, é o índice em LIBRAS: “Isso facilita muito para pessoas que não dominam a Língua Portuguesa mas sabem LIBRAS”, diz.

 

Fontes consultadas

https://www.ines.gov.br/noticias/57-portal-noticias/98-aplicativos-comunicacao-entre-surdos-e-ouvintes

https://vidacelular.com.br/2021/01/12/12-aplicativos-android-para-pessoas-surdas/

https://canaltech.com.br/android/google-lanca-dois-aplicativos-para-ajudar-usuarios-com-deficiencia-auditiva-132005/

 

 

Será realizado um Ato Ecumênico em homenagem à Sylvia Vargas na próxima segunda-feira, 11 de setembro, às 11h30 no auditório Prof. Rodolpho Rocco (Quinhentão) no CCS.

Sylvia da Silveira de Mello Vargas faleceu no último sábado, 2 de setembro. Foi vice-reitora da UFRJ entre julho de 2003 e julho de 2011, nas duas gestões do professor Aloisio Teixeira. Em 2008, a médica e docente foi homenageada pela Sociedade de Medicina e Cirurgia do Rio de Janeiro com o título de Médica do Ano.

 

Sylvia Vargas

 

Atualizacao_do_Manual_de_trabalhos_academicos_da_UFRJ.png

 

A nova versão do Manual para elaboração e normalização de trabalhos acadêmicos da UFRJ já encontra-se disponível de acordo com a atualização da norma NBR 10520 – Informação e documentação – Citações em documentos.

 

O manual elaborado e atualizado pelo SiBI pode ser consultado por toda comunidade acadêmica da UFRJ.

 

O manual está disponível através deste link, e também pode ser acessado através do menu “Produtos e serviços” na categoria “Manuais e publicações”.

 

Caso haja dúvidas sobre elaboração e normalização, entre em contato com a biblioteca que atende o seu curso.

 

100_anos_de_Millor_Fernandes_em_2023.jpg

 

Millôr Fernandes nasceu no dia 16 de agosto de 1923, no Rio de Janeiro. Morreu, em 2012, aos 88 anos, considerado um dos maiores pensadores e artistas do país. 

 

Em comemoração ao centenário do jornalista, desenhista, artista plástico, tradutor, poeta e dramaturgo carioca fizemos um levantamento da produção acadêmica na UFRJ sobre ele e os livros publicados que encontram-se disponíveis nas bibliotecas da universidade.

 

 

Produção acadêmica

 

Enfim, um escritor com estilo : o jornalista, pasquiniano, ipanemense e sem censura Millôr Fernandes /Queiroz, Andréa Cristina de Barros. ( historiadora e diretora da Divisão de Memória Institucional do SiBI/UFRJ)

 

Millôr Fernandes e Pif Paf : o humor e as imagens no contexto cultural brasileiro /Pereira, Thaís Pacheco.

 

Viver é desenhar sem borracha : uma análise visual da revista Pif Paf de Millôr Fernandes /Lima, Fernando Gomes Fernandes

 

De Ronins e Samurais : os hai-kais de Millôr Fernandes cotejados com os de Paulo Leminski /Lopes, André Gonçalves.



Livros do autor nas bibliotecas da ufrj



A viúva imortal : peça em um ato 

Abecedário do Millôr

Computa, computador, computa 

Conpozissõis imfãtis 

É... : baseado num fato verídico que apenas ainda não aconteceu 

Eros uma vez

Fábulas fabulosas 

Flavia : cabeça, tronco e membros, tragédia ou comédia, em dois atos

Lições de um ignorante 

Livro vermelho dos pensamentos de Millor 

Millôr Fernandes 

Millôr Fernandes : desenhos

Novas fábulas fabulosas 

Papáverum Millôr 

Pigmaleoa : Melodrama humorístico em 3 atos. 

Poemas 

O homem do princípio ao fim 

O livro vermelho dos pensamentos de Millôr 

Que país é este? /

Tempo e contratempo /

Todo homem é minha caça /

Trinta anos de mim mesmo /

Um elefante no caos : uma farsa /

Vidigal : memórias de um Sargento de Milícias

3.png

 

 

Em 2023, o SiBI UFRJ está presente em mais uma mídia social. Enfim, chegamos no instagram!

 

Após analisarmos o resultado do formulário para mapear as demandas informacionais da comunidade acadêmica da UFRJ para treinamentos foi identificado que o instagram é o principal meio de comunicação onde as pessoas se atualizam sobre novidades nas suas áreas do conhecimento. 

 

Esperamos vocês lá! Clique aqui para acessar nosso instagram.

UFRJ Sibi - UFRJ
Desenvolvido por: TIC/UFRJ